Solidários catarinenses participam de evento de planejamento em São Paulo

A Fundação 1º de maio e o Solidariedade realizam esta semana o 2º Núcleo Nacional de Organização e Articulação. O evento acontece na cidade de Mairiporã, São Paulo, e reúne cerca de 120 representantes de todos os estados.

Santa Catarina está sendo representada por sete solidários, das secretárias da: Mulher, Juventude, Igualdade Social, Meio Ambiente, Idosos, secretário geral além do solidário que faz a organização do partido no estado.

Para o Secretário Estadual da Igualdade Social e Diretor da Região Sul, Cristiano Klaus Fischer, o evento vem para contribuir para a construção de um país  melhor, entendendo as necessidades reais dos movimentos organizados da nossa população.  “ Nesse movimento identifico pontos fundamentais aqui no Núcleo, para trabalhar o ser humano como ser exclusivo de direitos e respeito atendendo as necessidades reais de cada região de Santa Catarina.” Destaca Fischer. O secretário ainda comenta que trabalhar a base da sociedade é garantir que suas necessidades sejam supridas e assim deve-se conseguir mudar o perfil político ao qual encontra-se, de maneira desmotivadora. “ Aqui no núcleo percebe-se que ainda é possível construir um país melhor” finaliza Cristiano.

Kauê Souza é o secretário estadual da Juventude, também participa do evento e destaca que o partido mostra que é diferente, e leva para o segundo evento militantes de peso, das mais diversas regiões do país. “ O objetivo é construir um crescimento organizado, com ações voltadas para o bem do nosso povo, todos nós estamos empenhados na construção de um país um melhor, com Solidariedade a gente muda o Brasil” reforça Kauê.

O secretário estadual do meio ambiente, Paulinho de Deus destaca que durante o evento está sendo definido no mapa de Santa Catarina, as regiões onde devem ser realizados planos de ações e mapa político catarinense. O objetivo é cobrir os 295 municípios do estado, com ações do Solidariedade.

Para a secretária estadual da mulher, Ana Maria Wronski o evento está sendo uma oportunidade para iniciar um trabalho de qualidade em Santa Catarina. O objetivo do partido é incentivar cada vez mais a participação da mulher, não só nos trabalhos partidários, mas se lançar a candidata, para ocupar espaço de direito nos poderes legislativo e executivo. ” Hoje foi bastante produtivo, trabalhamos juntos para a abertura de pólos em Santa Catarina, vamos trabalhar por regiões, e as mulheres terão um papel importante.”comenta Ana.

Participam ainda secretários, lideranças estaduais e nacionais do partido, prefeitos e vereadores eleitos. O objetivo é planejar estratégias para o crescimento do Solidariedade em todas as regiões do país, e traçar metas para as próximas eleições.